Parceria leva instalação de equipamento solar fotovoltaico na instituição SER, localizada na favela do Vidigal

Image

SER Alzira de Aleluia conta com iniciativa do Grupo FRG Mídias e Eventos, Solfortes, Phb e Solarize com instalação de equipamento FV, diminuindo contas de energia e levando sustentabilidade.

O centro de educação profissional Alzira foi fundado em 2003, por Elma Maria da Silva de Aleluia e Antônio Carlos de Aleluia. Em 1970 Antônio foi o primeiro jovem a entrar na Universidade Federal Fluminense no curso de engenharia.

Desde então sua vida foi transformada através da educação, fazendo com que atualmente tenham desenvolvido a instituição SER Alzira, para que os jovens da comunidade do Vidigal tenham oportunidades e conhecimento através de cursos, entre eles de inglês, tecnologia, dança, cursos preparatórios de primeiro emprego e através da parceria sobre a sustentabilidade e energia solar.

‘’Na instituição a educação e formação vem através da inovação e nós podemos observar isso através da energia solar no seu crescimento, sendo uma ferramenta de abertura em novos empreendimentos. Não importa a idade, cor ou gênero, mas sim inovar para criar’’, diz Elma Maria.

Além disso, a organização possui um Hostel ‘’Alzira House’’ que recebe jovens de todo o Brasil e estrangeiros, que vêm sendo voluntários, desenvolvendo a educação cultural e levando sustentabilidade a outros continentes.

Para quem deseja conhecer mais sobre a instituição pode acessar as redes sociais: SER Alzira de Aleluia

Parceria entre SER Alzira, Grupo FRG Mídias e Eventos, Solfortes, Phb e Solarize

A iniciativa do projeto foi através de Tiago Fraga, CEO do grupo FRG e organizador do Fórum GD Sudeste, que ligou para Hans Rauschmayer, da Solarize Treinamentos, com a oferta de doar um sistema fotovoltaico, em parceria com a PHB, na potência de 3,6 kW. Pablo Dorneles, da Solfortes, aceitou o convite de executar a instalação sem demora.

Hans levou a proposta à Rede Favela Sustentável, que abriga um grupo de trabalho sobre energia solar, escolhendo a ONG SER, mesmo com o desafio de reverter e ampliar o telhado na laje do prédio da instituição. Após a parada forçada da pandemia, juntaram-se 20 colaboradores de 5 comunidades e do asfalto, e executaram a obra completa em cinco dias.

A tecnologia será disseminada no Vidigal e mais moradores serão capacitados. Haverá outros projetos em outras comunidades que, certamente, terão desafios diferentes. Objetivo é levar a energia solar a toda a sociedade e beneficiar através dela quem mais precisa.

A energia solar aliviará as contas de energia da ONG SER Alzira de Aleluia.

Fonte: Eólica BR

Gostou do Conteúdo, Cadastre-se já e receba todas as notícias de Canal Eólica BR no seu email cadastrado

Compartilhe esta noticia: