Segundo estudo energia eólica tem impacto positivo no IDH e PIB de municípios

Image

A previsão é que até 2024, o setor de eólica chegue a cerca de 28 GW de potência instalada no Brasil.

A energia eólica se posiciona como a segunda maior fonte energética do Brasil, sendo totalmente renovável e proveniente do vento, seu processo de produção não emite gases de efeito de estufa. Esse setor possui destaque para as Regiões Nordeste e Sul do país.

O objetivo do estudo foi avaliar os impactos socioeconômicos para arrendamentos de terras para colocação de aerogeradores e ambientais da geração de energia eólica. Além de analisar, os efeitos dos investimentos realizados pelas empresas.

Foi realizado uma comparação entre um grupo de municípios que recebeu parques eólicos e outro que não tem energia eólica, para avaliar o impacto da chegada dos parques no Índice de Desenvolvimento Humano – IDHM e no PIB municipal.

“No que se refere ao IDHM e PIB Municipal, os municípios que têm parques eólicos tiveram uma performance 20,19% e 21,15% melhor, respectivamente, para estes dois indicadores. Este é um resultado que mostra que não há dúvidas: a energia eólica chega e seus efeitos positivos multiplicadores impactam nos indicadores do município”, avalia Elbia Gannoum, Presidente da ABEEólica, no site oficial da ABEEólica.

O estudo completo pode ser acessado no site oficial da Associação Brasileira de Energia Eólica, diretamente pelo link: Estudo mostra que energia eólica tem impacto positivo no IDH e PIB de municípios

Energia Eólica no Brasil

A energia eólica atingiu 18 GW de capacidade instalada no Brasil. Segundo dados de fevereiro de 2021 da ABEEólica mostram que o país já tem mais de 8.300 aerogeradores em 695 parques eólicos.

De acordo com a presidente da ABEEólica¸ há dez anos atrás em 2011, o setor tinha menos de de 1 GW de capacidade instalada, um grande crescimento comparado a atualmente. Ainda segundo a associação a energia Eólica já chegou a atender até 17% do País durante todo o dia.

A previsão é que até 2024, com os leilões já realizados, o setor chegue a cerca de 28 GW.

Estes são números que devem ser comemorados e podem ser ainda maiores, porque não captam completamente o bom desempenho do mercado livre, que vai se somando a esses valores conforme os novos contratos vão sendo fechados. E temos que lembrar que de 2018 a 2020 o ACL foi responsável por uma maior contratação que o ACR no caso de eólicas”, detalha Elbia. n osite oficial da ABEEólica.

Fonte: Eólica BR
____________________________________________________________________________________________________________________________________________

FÓRUM GD SUDESTE - 9º FÓRUM DE GERAÇÃO DISTRIBUÍDA COM FONTES RENOVÁVEIS E ENERGIA SOLAR FOTOVOLTAICA

SAVE THE DATE
16 e 17 DE JUNHO DE 2021
RIO DE JANEIRO - RJ - BRASIL

SITE OFICIAL: www.forumgdsudeste.com.br
E-MAIL: contato@grupofrg.com.br

Gostou do Conteúdo, Cadastre-se já e receba todas as notícias de Canal Eólica BR no seu email cadastrado

Compartilhe esta noticia: