Energia Eólica de grande porte: 80% do aerogerador é produzido no Brasil

Image

Potencial da indústria eólica brasileira foi debatida durante o CBGD, em 2023, e trouxe dados importantes do mercado

A energia eólica é uma importante fonte de energia renovável no Brasil. O país possui um grande potencial para a geração de energia eólica, devido à sua extensa linha costeira e aos ventos constantes em diversas áreas. No último Congresso Brasileiro de Geração Distribuída (CBGD), que aconteceu em 2023, Elbia Gannoum, presidente da Associação Brasileira de Energia Eólica e Novas Tecnologias (ABEEólica) destacou a importância da indústria renovável para o país, incluindo a fonte eólica de energia.

"Energia Eólica e Energia Solar são as fontes que mais crescem no mundo nos últimos 5, 10 anos e serão as fontes que mais vão crescer no futuro. A resposta para a transição energética está necessariamente na energia eólica, na energia solar, na biomassa e na energia hidrelétrica existente" explica Gannoum.

A especialista também ressaltou o quanto a energia eólica vem se sobressaindo na geração de grande porte. Embora existam sistemas de geração distribuída, Gannoum pontua que são as usinas maiores que estão ganhando notoriedade no momento. Isso acontece devido ao valor do investimento, uma vez que turbinas menores são ainda muito caras, o que interfere no ganho de escala suficiente para ter energia nas residências. A especialista comenta ainda que o vento que produz a energia eólica é ainda muito mais forte.

Na ocasião, Gannoum ressaltou que a fonte apareceu no país por volta de 2006, bem como cresceu nos últimos 10 anos. Além disso, também pontuou que 80% do aerogerador de grande porte para as usinas consegue ser fabricado no país. Isso acontece porque o país possui uma cadeia produtiva nacional de energia eólica bem desenvolvida, com mais de 40 empresas atuando no setor. Dentre os componentes nacionais encontrados, por exemplo, estão torres, nacelles e pás.

As expectativas, por sua vez, também são bastante positivas quanto a transição energética e o crescimento das usinas eólicas de grande porte. O Brasil tem condições de se tornar um dos líderes mundiais na produção de aerogeradores.

"Quando a gente olha os investimentos, dos contratos que a gente tem assinados hoje, a gente vai chega em 2029, com mais de 50 GW de capacidade instalada. Mas a tendência é que esse número seja maior. Que todos nós temos uma perspectiva de crescimento da economia brasileira. A gente já está vendo uma retomada do PIB. E com essa retomada do PIB, a gente vai ter mais demanda por energia, vai ter mais projeto instalado. E nós vamos ver um verdadeiro salto, uma virada de chave aqui por volta de 2027 e 28 com a chegada do hidrogênio verde finaliza Gannoum.

A palestra completa da especialista, pode ser acessada no canal oficial do YouTube do Grupo FRG Mídias & Eventos, pelo link: https://www.youtube.com/watch?v=913umVvONDs

Gostou do Conteúdo, Cadastre-se já e receba todas as notícias de Canal Eólica BR no seu email cadastrado

Compartilhe esta noticia: